Clube do Remo empata na estréia da reabertura do “Baenão” e segue no G-4 do grupo B – Série C

0
55
Clube do Remo empata na estreia do Baenão

O Clube do Remo, finalmente, estreou na reabertura do “Baenão”, diante de sua torcida.
A galera remista, mais uma vez, levantou o “Leão Azul”, colaborando com cada centavo de seu bolso, arrecadação de cimento e venda de camisas. Sem esquecer a expressiva presença na partida inicial. A ajuda para a volta do “Baenão”, iniciativa do grupo criado para o “Retorno do Rei”, foi constante. O resultado foi positivo e, finalmente, o time azulino pode voltar a jogar em sua casa. Entretanto, além de toda essa ajuda, não pode ser esquecida a determinação do presidente Fábio Bentes e de sua diretoria que, nesta atual gestão, tem lutado para levantar o Clube do Remo.

O time azulino, que estreou na reabertura do “Baenão” diante da equipe do Luverdense (MT), na última tarde de sábado (13/07), contou com o incentivo e apoio de sua torcida (que compareceu em peso). Na ocasião, houve eventos, discursos e apresentação de antigos jogadores azulinos, que fizeram história com a camisa do Clube do Remo. Por exemplo: o ex-goleiro Adriano (Paredão) e o ex-atacante Landu. Isso tudo antes da bola rolar.

Com a bola rolando, o Clube do Remo parecia que não entrara em campo e quem sentiu como se estivesse jogando em casa foi o Luverdense (MT). Tanto que, aos sete minutos da etapa inicial, Anderson Ligeiro (Luverdense) recebeu a bola livremente e só fez empurrar para o fundo do gol, fazendo 1 a 0 para o time matogrossense.
Após o primeiro gol, o Luverdense (MT) não tomou conhecimento do Clube do Remo na partida da volta do “Baenão” e, aos nove minutos, Kauê (Luverdense) recebeu um bom lançamento na direita e chutou de bico no canto direito do goleiro Vinícius (Clube do Remo), aumentando o placar para 2 a 0 para o time matogrossense.

Aos 21 minutos, o Luverdense (MT) apronta mais uma. Após a bola ir de pé em pé, Anderson Ligeiro (Luverdense) recebeu e arriscou de fora da área, mas a bola raspou a trave no canto direito do goleiro Vinícius (Clube do Remo).

O Clube do Remo só entrou em campo, de fato, após a substituição (logo no início da primeira etapa da partida) de Emerson Carioca no lugar do meia Carlos Alberto. Aos 31 minutos, Emerson Carioca cobrou falta rasteiro. A zaga matogrossense cortou mal e a bola sobrou para o zagueiro Fredson (Clube do Remo), que chutou de primeira. O goleiro Edson (Luverdense) não conseguiu segurar na primeira, mas garante segurança na segunda defesa.

Após a pressão azulina, aos 33 minutos, toques rápidos do time azulino com Eduardo Ramos (Clube do Remo) passando a bola para o Emerson Carioca (Clube do Remo), que ficando mais próximo do gol chutou rasteiro, passando a pelota à esquerda do goleiro Edson (Luverdense).

A etapa inicial encerrou com uma cobrança de falta, na qual o lateral esquerdo Daniel Vançan (Clube do Remo) cobrou bem, mas o goleiro Edson (Luverdense) espalmou para fora. A etapa inicial encerrou com o Luverdense vencendo por 2 a 0 o Clube do Remo, que com a derrota levou o time a ser criticado por uma pequena parte de torcedores. A maioria aplaudiu Emerson Carioca, que após o jogo disse à imprensa que esta foi “uma das melhores, se não a melhor, partida que disputei no Clube do Remo”.

Na segunda etapa, a pressão azulina continuou. Porém, aos seis minutos da etapa final, surge uma polêmica. Emerson Carioca (Clube do Remo) arriscou de longe e o goleiro Edson (Luverdense) não conseguiu segurar a bola, que foi para frente e o atacante Marcão Santana (Clube do Remo), conseguiu tirar a bola do goleiro. O goleiro Edson (Luverdense) avança para tentar pegar a bola, mas acaba tocando no jogador e o árbitro assinalou pênalti no lance. Porém, o bandeirinha levanta a bandeira, assinalando um impedimento do atacante Marcão Santana (Clube do Remo). Após muita conversa, o árbitro resolveu marcar o impedimento e segue a partida.

Aos nove minutos, em uma cobrança mal feita e baixa do Clube do Remo, a zaga do Luverdense (MT) afasta a bola e esta sobra para o Juninho Tardelli (Luverdense), que avança em velocidade, passa do marcador e fica de cara com o goleiro Vinícius (Clube do Remo). Como adiantou demais a bola, o jogador do Luverdense facilitou a defesa de Vinícius (Clube do Remo).

Aos 24 minutos, o goleiro Vinicius (Clube do Remo) espalmou a bola, de qualquer maneira, após o chute perigoso de fora da área de Gabriel Honório (Luverdense).

Aos 31 minutos da etapa final, surgiu o primeiro gol azulino diante de sua torcida na reabertura do “Baenão”. Em cobrança de escanteio, zagueiro Marcão (Clube do Remo) cabeceou no meio do gol, não dando chance ao goleiro Edson (Luverdense), que nada pode fazer para evitar que o Leão diminuísse para 2 a 1.

Após o gol, no lance seguinte quase o gol de empate azulino, no ataque fulminante do Clube do Remo. Daniel Vançan (Clube do Remo) chutou cruzado e a bola desviou na zaga, ficando “viva” na pequena área. Um jogador azulino ainda tocou nela e esta sobrou para Alex Sandro (Clube do Remo), que mesmo ficando de cara com goleiro Edson (Luverdense), “isolou” a bola para fora.

No último lance da partida, em escanteio para o “Leão Azul”, Garré (Clube do Remo) cobrou na medida e o zagueiro Fredson (Clube do Remo) desviou de cabeça, sobrando para o Eduardo Ramos (Clube do Remo) que, também de cabeça, empurrou para o gol, enlouquecendo a torcida azulina, no último lance, empatando a partida em 2 a 2. Foi um empate com gosto de vitória para o time azulino, apesar de ter jogado em sua casa e ser favorito para obter uma vitória.

Com esse empate, o Clube do Remo se mantém no G-4, com 18 pontos, já o Luverdense (MT), segue na zona de rebaixamento com 11 pontos. O próximo compromisso azulino será contra o Ypiranga (RS), na sexta-feira (19/07), às 20 horas, no estádio “Colosso da Lagoa”, no Rio Grande do Sul.

Renda e público:
Renda: R$ 325.565,00
Pagantes: 11.955
Credenciados: 1.387
Total: 13.342.
A renda obtida com a venda dos lotes dos ingressos para as obras e das camisas
Renda: R$ 1.125.000,00

12ª rodada do grupo B do Campeonato Brasileiro Série C:
Tombense (MG) 0x2 Volta Redonda (RJ)
Clube do Remo 2×2 Luverdense (MT)
São José (RS) 0x0 Ypiranga (RS)
Juventude (RS) 1×1 Paysandu S.C.
Atlético (AC) 0x0 Boa Esporte (MG)

Deixe um comentário