Clube do Remo vence no sertão, elimima o Salgueiro e permanecerá na Série C em 2019

0
62

Ao chegar à penúltima rodada da Série C 2018, o Clube do Remo foi ao sertão pernambucano enfrentar o Salgueiro, nesta segunda (06), encerrando sua participação na rodada, no estádio Cornélio Barros, em Pernambuco.

O Clube do Remo tinha que vencer o jogo para se livrar de vez do rebaixamento, ao mesmo tempo rebaixando o Salgueiro em sua casa, já que é o lanterna do grupo A da Série C.

O jogo começou com a equipe do Salgueiro pressionando o Leão Azul, como estava previsto para a partida, já que nem o empate serviria para a equipe do Salgueiro, que brigava contra a lanterna e o rebaixamento. Para o Clube do Remo, o empate também não seria bom, já que a equipe azulina ainda sim, ficaria fora da zona.

Enquanto a equipe do Carcará pressionava, a zaga azulina afastava todas. A melhor oportunidade surgiu aos quatro minutos e meio da primeira etapa, quando Dedeco (Clube do Remo), recebeu a bola sozinho no meio, ficando de cara com o goleiro. Porém, embora dominando a jogada, finalizou mal e mandou a bola para fora. O Salgueiro, ainda sim, pressionava e, durante quase todo o primeiro tempo, seus jogadores conseguiram dar trabalho para o goleiro Vinícius, que não deixava nada passar. O jogo todo ficou assim, até finalizar a primeira etapa com o placar em branco.

Na segunda etapa, o Clube do Remo continuava na base do contra ataque, chamando o Salgueiro a ir para cima, mas esbarrando na sua zaga, bem segura e afastando qualquer tipo de perigo.

O Clube do Remo pouco atacava mas, aos 17 minutos do segundo tempo, surgiu um contra ataque rápido do Leão Azul, com Dedeco (Clube do Remo) vindo pelo meio e, ao perceber Jayme (Clube do Remo) em uma boa posição, não hesitou em dar o passe. O atleta azulino, então, dominou pela direita e chutou rasteiro no canto direito do goleiro do Carcará, fazendo 1 a 0 para o Clube do Remo e aliviando os poucos torcedores remistas presentes ao estádio, assim como também a nação azul, que acompanhava o jogo pela televisão e emissoras de rádio. A alegria dos torcedores azulinos foi maior porque, até então, o Leão Azul de Antonio Baena não havia vencido a equipe do Salgueiro e uma importante vitória se desenhava.

Logo em seguida, Marcos Vinícius (Salgueiro) deu um passe para o Dadá (Salgueiro) que chutou no canto esquerdo do goleiro Vinícius (Clube do Remo). Mais uma vez, o festejado goleiro remista fez uma linda defesa, evitando o gol do empate.

O tempo passava e o jogo esquentava ainda mais. Depois do gol dos azulinos, o jogo ficou mais equilibrado, com ambas as equipes atacando muito. Porém, o perigo maior quem levava à área adversária era o Clube do Remo, que inclusive, teve mais chance de matar o jogo. Um lance reprovado por todos aconteceu aos 45 minutos da segunda etapa. O zagueiro do Salgueiro mandou a bola para frente e quando esta sobraria para o goleiro Vinícius (Clube do Remo), Emerson (Salgueiro) acabou atingindo com um chute na barriga do goleiro. Por isso, o irresponsável jogador levou cartão vermelho direto, deixando o Salgueiro com um jogador a menos em campo.

Assim, o jogo (que na segunda etapa chegou a 50 minutos) terminou com o Clube do Remo se livrando do rebaixamento e jogando o Salgueiro para a Série D, em 2019. O Clube do Remo (que agora não subirá e nem descerá), enfrentará a equipe do Náutico, líder e classificado para o mata mata, em jogo que será realizado no sábado vindouro (11.08), às 19:30. Esta será a última rodada da Série C 2018, quase todas as partidas no mesmo dia e horário.

O Clube do Remo evitou o rebaixamento, graças principalmente ao técnico Netão, que era auxiliar técnico e assumiu após a demissão de Arthur Oliveira, que não vinha bem com o Clube do Remo. Por sua vez, Netão venceu mais uma, ficando com quatro vitórias, um empate e uma derrota em seis jogos, sendo que nas três últimas partidas o time não sofreu gols. Tanto a mídia, assim como a galera remista parabenizaram o técnico Netão, que tirou o Clube do Remo dessa situação, organizando a equipe azulina e, com seriedade e espírito de liderança, soube tirar o Clube do Remo do fundo do poço e a se livrar do humilhante rebaixamento.

Deixe um comentário