Frustração da torcida bicolor após derrota motiva ataque

0
103
protesto

Mais uma derrota (a segunda seguida) para seu mais inquietante adversário, o Clube do Remo, deixou grande número de torcedores do Paissandu, domingo à noite, no Mangueirão, em total descontrole. Após o clássico, aproximadamente uma centena de revoltados simpatizantes do Paysandu se reuniu diante do portão de saída do ônibus que conduziria diretores, comissão técnica e jogadores do Papão para xingar dirigentes e jogadores, principalmente “Perema”, exigindo uma posição enérgica por parte da diretoria. Somente com a chegada de policiais a agressividade dos torcedores foi controlada. Contudo, os protestos continuaram fora do “Mangueirão” e algumas janelas do ônibus foram quebradas por pedras e outros objetos arremessados pela galera descontrolada. Segundo observadores, o pesadelo continua. A frustração da “fiel” bicolor após o final do jogo de domingo foi igual à da derrota diante do Leão Azul na final do segundo turno, em abril de 2015. Na oportunidade, o elenco azulino venceu os bicolores por 2 a 1. Detalhe: o treinador do Paysandu era Dado Cavalcanti. (Agência de Noticias Gerais)

Deixe um comentário