“Papão” vence o “Leão” no primeiro clássico do Campeonato Brasileiro

0
25
Leão perde no clássico

O Clube do Remo entrou em campo na noite de domingo (23/06), valendo pela nona rodada do Campeonato Brasileiro da Série C, contra o Paysandu, seu maior rival.

Com a bola rolando, o “Papão” até começou pressionando, enquanto o “Leão”, recuava esperando por contra ataque.

O Clube do Remo levava perigo ao time do Paysandu, em lances pela ponta direita. Aos nove minutos, Carlos Alberto (Clube do Remo) deu uma “caneta” no jogador bicolor e tocou rasteiro para Gustavo Ramos (Clube do Remo), mas a zaga bicolor afastou de qualquer maneira, evitando que o jogador azulino ficasse de cara para o gol.

O primeiro perigo de gol aconteceu em ataque do “Papão”, aos 24 minutos. Tiago Luís (Paysandu) recebeu livre no meio e arriscou de longe, com a bola passando no canto direito do goleiro Vinícius (Clube do Remo), raspando a trave.
Após este lance, Clube do Remo e Paysandu fizeram algumas tentativas, mas o resultado da etapa inicial foi o placar em branco.

Na segunda etapa, houve algumas mudanças, com o Clube do Remo tentando sair mais para o jogo.

Logo no início do segundo tempo, uma jogada “incrível” perdida pelo “Leão Azul”. Gustavo Ramos (Clube do Remo) invadiu a área, cortou o zagueiro bicolor, e ainda caiu na pequena área, com um lance polêmico, mas a bola sobrou livre para o meia Carlos Alberto (Clube do Remo), que não aproveitou e mandou a bola para cima, “isolando”. Era o Clube do Remo perdendo ótima oportunidade, deixando empatado. Em
mais um lance de perigo azulino, aos 16 minutos da etapa final Carlos Alberto (Clube do Remo) cortou para a direita e, de longe, mandou uma bomba, fazendo o goleiro Mota (Paysandu) espalmar de qualquer maneira para o escanteio.

Apesar de alguns lances perigosos do time azulino, mas o felizardo da noite foi o time bicolor. Aos 29 minutos do segundo tempo, em cobrança de escanteio, houve batida de bola no zagueiro azulino na área, sobrando livre para o Uchôa (Paysandu), que chutou rasteiro, tirando do goleiro Vinícius (Clube do Remo), que nada pôde fazer. Era o “Papão” abrindo o placar no Mangueirão.

Após o gol, o “paredão” azulino quase se complica em lance aos 32 minutos da segunda etapa. O zagueiro azulino recuou para o goleiro Vinícius (Clube do Remo), que tentou cortar o jogador bicolor, em uma hora errada e acabou perdendo a bola. Porém, a bola bateu em Tiago Luís (Paysandu), voltando para o goleiro azulino, evitando o que seria o segundo gol do “Papão”.

Aos 34 minutos, mais um lance de gol azulino não aproveitado. Após o cruzamento do lateral Daniel Vançan (Clube do Remo), a bola ainda bateu na cabeça de Gustavo Ramos (Clube do Remo), que tocou para trás, onde dois jogadores azulinos pulam na bola. Porém, o atacante Marcão (Clube do Remo) atrapalhou o volante Ramires (Clube do Remo) e o gol do empate não aconteceu.

Aos 41 minutos, o “Leão Azul” ainda teve sua última oportunidade do gol de empate. Daniel Vançan (Clube do Remo) recebeu a bola de Carlos Alberto (Clube do Remo) e chutou cruzado, mas Mota (Paysandu) espalmou para frente, evitando o gol de empate azulino.

Após alguns lances de enrolação, a partida terminou com a vitória do Paysandu, que não vencia a oito jogos.

Com a derrota, o Clube do Remo deixou de ser líder, por ter menos gols feitos do que o Juventude (RS), após ter empatado no saldo de gols. Já o Paysandu volta para o G-4 da Série C.

Público e renda
Pagantes: 23.763
Não pagantes: 3.350
Total: 27.113
Renda Bruta: R$ 741.480

Resultado da nona rodada da Série C:
Juventude(RS) 4×1 Ypiranga(RS)
Tombense(MG) 3×1 Boa Esporte(MG)
Volta Redonda(RJ) 2×2 São José(RS)
Luverdense(MT) 4×0 Atlético(AC)
Clube do Remo 0x1 Paysandu S.C.

Deixe um comentário