Clube do Remo com empate afunda ainda mais no “Brasileirão” da Série C

0
46

 

O Clube do Remo enfrentou o líder do Grupo A, o Atlético Acreano, na última segunda-feira (18), diante de um público menor do que os registrados em partidas anteriores.

O Clube do Remo, precisando de resultado positivo, foi para cima do adversário, tentando recuperar o tempo perdido para sair da zona de rebaixamento, pois mesmo que vencesse, ainda não sairia.

No início de partida, o Clube do Remo chegou a abrir o placar, aos dois minutos de jogo, mas, segundo o árbitro, estava impedido no lance em que Nininho (Clube do Remo) recebeu um bom passe e tocando para Ruan (Clube do Remo), que mandou para o fundo da rede (gol de letra). Mas o gol foi anulado, devido o impedimento. Segue o jogo. A torcida, mesmo em menor número, empurrava o Clube do Remo, que ia para cima do adversário e, em mais um lance polêmico, Everton (Clube do Remo) cobra a falta e a zaga afasta mal. Rodriguinho (Clube do Remo) solta a bomba para abrir o placar. Só que, mais uma vez, o bandeira marca outro impedimento. Mais um gol foi anulado, segundo o bandeira, por causa da participação de Geandro (Clube do Remo), na pequena área, mesmo não tocando na bola no momento em que a zaga afasta mal. Mas o Clube do Remo continuava pressionando até teve uma falta a seu favor. Rodriguinho (Clube do Remo), cobrando de fora da área, fez um golaço, decretando Clube do Remo 1 a 0 sobre o Atlético Acreano. Com esse gol, o Atlético acordou para o jogo e, de repente, aos 33 minutos, depois de um cruzamento, a bola bate no braço do Nininho, Clube do Remo. O juiz marca pênalti. Eduardo (Atlético AC) bate o pênalti e Vinicius (Clube do Remo) defende no seu canto direito e manda para escanteio. Com essa bela defesa, o Clube do Remo continuou na frente. Mas, não demorou muito e, aos 35 minutos, em um cruzamento de escanteio, Vinicius (Clube do Remo) deu uma tapa na bola, que sobrou para Neto (Atlético AC), que manda para o gol. A zaga do Clube do Remo fica parada, olhando o jogador empurrar para o gol, empatando o jogo. Com essa partida, equilibrada até o final, termina o primeiro tempo com Clube do Remo 1 a 1 contra o Atlético Acreano.

Na segunda etapa, o jogo ficou mais duro e, aos dois minutos, vem a virada do “Galo Carijó”, em que Rafael Barros (Atlético AC) recebeu, sozinho, na frente deixando o marcador para trás. Driblou o goleiro e mandou para o funco da rede, fazendo dois a um para o Atlético, deixando o Clube do Remo ainda mais para baixo na pontuação. O Clube do Remo, precisando vencer, agora tinha que correr atrás do empate. Por isso, voltou a pressionar, tentando fazer de tudo para igualar o marcador. Mas nada dava certo. Aos oito minutos, em uma jogada ensaiada de cobrança de escanteio, Rodriguinho (Clube do Remo) manda rasteiro para Nininho (Clube do Remo) chutar para o gol defendido por Ruan (Atlético AC), que se jogou no canto mas não conseguiu tirar. Estava empatado o jogo. O Clube do Remo voltou a fazer nascer a esperança na partida.

O Clube do Remo tentava, de qualquer maneira, pressionando o adversário e não deixando o Atlético Acreano jogar. Mesmo com tanta pressão, dando muito trabalho ao goleiro do Atlético Acreano. O jogo acabou em 2 a 2.

Com esse empate, o Clube do Remo continua na lanterna, com oito pontos, precisa vencer o Globo, no próximo domingo(24), no estádio “Barretão”, no Rio Grande do Norte, já que o Náutico venceu o clássico contra o Santa Cruz e saiu da zona de rebaixamento.

O Atlético Acreano continua líder e o Juazeirense fica na zona, com 11 pontos, junto com o Clube do Remo, que tem oito pontos. O primeiro fora da zona é o Globo, com 12 pontos. Este será o próximo adversário do Clube do Remo, precisando vencer. Sabem os remistas que terão a própria Juazeirense, na rodada seguinte, no Mangueirão.

Deixe um comentário